Atenção autoridades! Cobrança abusiva de IPTU na região das Vargens no Rio e possível processo de gentrificação na região

Por André Luiz Sommer*

A prefeitura do Rio está de “olho grande” na região das Vargens, um paraíso bucólico do Rio de Janeiro, situado na zona oeste da cidade, considerado um lugar ainda muito seguro de se viver e com baixíssimos índices de violência, porém abandonado e esquecido por décadas pelo poder público.

Localizada numa área semi-rural da cidade, a região das Vargens é povoada por pessoas simples, humildes e hospitaleiras, muitas herdeiras de pequenas terras e dependentes destas, para o próprio sustento, onde cultivam pequenas hortas orgânicas, árvores frutíferas, plantas para jardins, pequenos galinheiros, porcos, cabras, etc, para o próprio consumo e, torno a dizer, para o seu sustento financeiro!

A questão do IPTU na região das Vargens  é MUITO SÉRIA! Precisamos de uma intervenção urgente da DEFENSORIA PÚBLICA e do MINISTÉRIO PÚBLICO na região, pois os seus moradores, na grande maioria, não possuem recursos financeiros suficientes para contratarem advogados, engenheiros, etc. Neste caso, estão sofrendo e muito com uma alta escandalosa de mais de 800 por cento nas cobranças do IPTU, o que demonstra claramente um grande interesse da PREFEITURA DO RIO, num processo de GENTRIFICAÇÃO da região, aumentando assim, primeiramente: os impostos, causando por consequência uma forçada inadimplência e, com isso, uma possível PENHORA DOS IMÓVEIS na dívida ativa pública e consequentemente, a venda dos lotes para os grupos de investidores do mercado especulativo da CONSTRUÇÃO CIVIL e IMOBILIÁRIO do Rio de Janeiro!

Nesta semana, soube-se através dos noticiários, que o prefeito do Rio viajou para Dubay em busca de investidores e possíveis patrocinadores para  iniciar o seu plano especulativo imobiliário na região, o que ele falsamente alega ser um plano de “desenvolvimento urbano” para a zona oeste do Rio! Mentira! Isso é um crime contra a população local, contra o meio ambiente e contra a própria cidade do Rio de Janeiro, já que tratamos de erros técnicos e administrativos no cálculo do IPTU, segundo observamos nas reuniões e discussões já realizadas na ALERJ este ano, onde, com muito esforço, algumas lideranças políticas, conseguiram adiar temporariamente, as cobranças abusivas deste ano e a tal das benditas e arbitrárias cobranças de taxas de coletas de lixo, dos últimos cinco anos retroativas!

A população das Vargens pede socorro! Precisamos de ajuda das autoridades públicas competentes urgente!

*Militante do PCdoB, morador da Região de Vargens, hoje, atua no movimento de resistência local contra a intolerância religiosa, contra o racismo e a perseguição de minorias. Líder religioso local e sacerdote de Umbanda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s