CURSO DE INTRODUÇÃO AO CONCEITO DE HEGEMONIA EM ANTONIO GRAMSCI

1 – APRESENTAÇÃO

Esta é uma proposta de Curso, de caráter introdutório, sobre o pensamento do filósofo e marxista italiano Antonio Gramsci, mais particularmente, acerca de seu conceito de hegemonia. O Curso visará estabelecer correlações do pensamento do marxista italiano às questões do momento político atual vinculado aos contextos brasileiro e latino-americano.

2 – OBJETIVOS

O Curso tem três objetivos principais:

2.1. Apresentar a obra de Gramsci, notadamente seu conceito de hegemonia;

2.2. Discutir a importância de Gramsci na reflexão sobre o cenário político das sociedades capitalistas contemporâneas;

2.3. Discutir a recepção do pensamento de Gramsci no Brasil e sua importância para a compreensão da sociedade brasileira e o atual momento político do país.

3 – PÚBLICO ALVO

O Curso destina-se aos membros do Comitê Estadual, do Comitê Municipal da Capital e aos dirigentes dos Comitês Distritais da Capital que tenham concluído o Curso de Nível 2.

4 – CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

O Curso se desenvolve a partir de três vértices centrais: o processo de formação do pensamento político de Gramsci que abrange os três tópicos inicias apresentados abaixo; a formulação do conceito de hegemonia e categorias correlatas, abrangendo quatro tópicos; a contemporaneidade do conceito de hegemonia e do pensamento gramsciano, abrangendo os três tópicos finais. Os tópicos do Curso são:

4.1. Apresentação introdutória à obra de Gramsci, sua trajetória política, seu legado intelectual e seu lugar na tradição marxista, salientando a importância do conceito de hegemonia.  Apresentação das inúmeras leituras e releituras dos textos de Gramsci e as recepções iniciais na América Latina e no Brasil;

4.2. O contexto histórico das formulações iniciais de Gramsci: a primeira guerra mundial, a tradição socialista italiana, a revolução russa de 1917, as apreensões sobre Lenin e os bolcheviques. A constituição da 3ª internacional e a formação do Partido Comunista da Itália. O fascismo e os debates internos no PCI entre 1921 e 1926;

4.3. A produção dos Cadernos do Cárcere e o conceito de hegemonia: as críticas ao economicismo e ao idealismo. A importância da cultura e das lutas referentes à educação política das classes subalternas. Hegemonia como direção e coerção, nem simples supremacia nem submissão intelectual aos socialmente dominantes;

4.4. Hegemonia e o “Estado ampliado”: as formulações sobre sociedade política e sociedade civil. Proximidades e diferenças entre “ocidente” e “oriente”. Os debates sobre o processo revolucionário vitorioso na Rússia e os reveses do socialismo nas sociedades capitalistas ocidentais. A emergência do fascismo;

4.5. Hegemonia, partidos e intelectuais. Os processos de constituição da hegemonia no ocidente, diferenciando as experiências históricas dos EUA (o “americanismo” e o “fordismo”) e das sociedades europeias ocidentais avançadas (Inglaterra e França). Intelectuais e intelectuais orgânicos. O partido das classes subalternas como “príncipe moderno” e a constituição de um novo tipo de hegemonia. Guerras de movimento e guerras de posição;

4.6. O pensamento de Gramsci na América Latina e no Brasil. A recepção diferenciada de sua obra e sua importância no cenário político atual;

5 – ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO

O Curso constará de 06 Encontros, de 03 horas cada, totalizando 18h e será realizado nos dias 13 e 27 de março, 10 e 24 de abril e 08 e 22 de maio, das 18h às 21h na Sede do Comitê Municipal situada na Rua Visconde do Rio Branco, 53, Sobreloja, Centro, Rio de Janeiro.

6 – BIBLIOGRAFIA DO CURSO

Bibliografia (apresentada conforme os encontros do curso).

Todos os textos de Gramsci são da tradução brasileira organizada por Carlos Nelson Coutinho e Marco Aurélio Garcia e Luiz Sérgio Henriques, publicada pela Civilização Brasileira em 2001, composta por seis volumes referentes aos “Cadernos do Cárcere”. Na edição brasileira dos “Cadernos” não são apresentados quando houve duas versões das mesmas notas, os chamados textos em primeira versão (denominados textos A na primeira edição integral dos Cadernos do Cárcere organizada por Valentino Gerratana, em 1975, sob o patrocínio do Instituto Gramsci). A edição de V. Gerratana possui uma tradução pela Ediciones Era (México) que está disponível em versão pdf na internet.

1º e 2º Encontros – Dias 13 e 27/03

Textos anteriores à produção dos “Cadernos do Cárcere”

– Oprimidos e Opressores. Escritos Políticos v. 01, pp 43-46.

– Neutralidade Ativa e Operante. Escritos Políticos v. 01, pp 46-52

– Socialismo e Cultura. Escritos Políticos v. 01, pp 56-61

– A Revolução contra o capital. Escritos Políticos v. 01, pp 126-130

– O nosso Marx Escritos Políticos v. 01, pp 160-165

– Democracia Operária Escritos Políticos v. 01, pp 245-249

– As Teses de Lyon Escritos Políticos v. 02, pp 317-366

– A questão meridional – Escritos Políticos v. 02, pp 405-436

Obs: Não estão inclusas as notas de referências presentes nos textos acima

 

3º Encontro – Dia 10/04

Caderno 19, parágrafo 2, “o problema da direção política na formação e desenvolvimento da nação e do estado moderno na Itália (versão segunda do parágrafo 44 do Caderno 1), escrito entre 1934 e1935. Cadernos do Cárcere volume , pp.

Cadernos 10, A filosofia de B. Croce, parágrafo 12. Cadernos do Cárcere volume 01, pp. 205-206. Escrito no primeiro semestre de 1932

Cadernos 10 Pontos de referência para um ensaio sobre B. Croce, parágrafo 13. Cadernos do Cárcere, v.1, pp. 306-309. Escrito em 1932.

Caderno 10 A filosofia de B. Croce, parágrafo 41. Cadernos do Cárcere, v.1, pp. 330-379. Escrito em 1932.

Cadernos do Cárcere, v. 3, Caderno 13, § 7, § 15, § 23, § 26, § 37

 

4º Encontro – Dia 24/04

Caderno 13. Breves notas sobre a política de Maquiavel. Cadernos do Cárcere volume 03. Escrito entre 1932 e 1934.

Caderno 10, Pontos de referência para um ensaio sobre B. Croce, parágrafos 06 a 12, excetuando o oitavo. Cadernos do Cárcere volume 01, pp. 290-306. Escrito entre 1932 3 1933

Caderno 10. A filosofia de B. Croce, parágrafo 61 Cadernos do Cárcere volume 01, pp. 425-430. Escrito entre 1932 3 1933

 

5º Encontro – Dia 08/05

Caderno 12, Apontamentos e notas dispersas para um grupo de ensaios sobre a história dos intelectuais. Cadernos do Cárcere, volume 2. Escrito em 1932.

Caderno 13, parágrafo 27. Cadernos do Cárcere, v. 3, pp. 76-79. Escrito entre 1932 e 1934.

Caderno 22, Americanismo e Fordismo Cadernos do Cárcere, volume 4. Escrito no primeiro semestre de 1934.

 

6º Encontro – Dia 22/05

NOGUEIRA, M. A. Gramsci, a questão democrática e a esquerda no Brasil. In: COUTINHO, C. N.; NOGUEIRA, M. A. (org.). Gramsci e a América Latina. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

SECCO, L. Gramsci e o Brasil: Recepção e difusão de suas ideias. São Paulo: Cortez, 2002.

 

7 – CERTIFICAÇÃO

Serão concedidos Certificados de Conclusão de Curso a todos os alunos que atingirem 80% de frequência, ou seja que assegurem presença em 05 Encontros.

 

8 – TAXA DE CONTRIBUIÇÃO

Para cobrir despesas básicas do Curso como lanches e xeróx, será solicitada, em cada Encontro, uma contribuição de R$ 10,00 (dez reais) para cada aluno/a.

 

9 – PROFESSOR RESPONSÁVEL

Professor Máximo Augusto Campos Masson. sociólogo (UFRJ), mestre em ciências sociais/política (UFRJ), doutor em educação (UFRJ) com estágio de pós-doutorado em educação na USP. Professor Associado da UFRJ e ex-professor da Universidade Federal de Ouro Preto, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Foi professor da educação básica nas redes pública (federal e estadual) e privada. Foi diretor do Centro de Professores do Rio de Janeiro (CEP, hoje SEPE) e da Associação de Docentes da Unirio. Seus interesses de pesquisa são: movimentos sociais e educação;  políticas públicas para educação; condições de trabalho do magistério e movimento sindical de professores e trajetórias estudantis.

 

COORDENAÇÃO

Comissão de Formação do Municipal Rio

 

Rio de Janeiro, 26 de fevereiro de 2018

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s